LIVRO VERÃO- PARTE 14




Quinta Feira, 13 de Agosto de 2013

Não sei nem por onde começar, mais já são 10:00 da manhã e cheguei agora no casaram, ainda sem força para respirar e ansiosa de mais para agradecer a meus pais que ainda não chegaram a tal viagem..

Ontem meu dia parecia que ia ser normal, mas não foi, pela manha depois do café fiquei no computador, quando deu umas 11:00 minha tia Alice me chamou para que eu servisse de modelo a ela, bom aceitei..

O vestido era lindo, algo esplêndido, era branco, com detalhes pretos, longo e meio cheio por causa das anáguas, em cima ele era igual a um corselete, era tomara que caia, mas bem preso ao corpo, não havia perigo de alguém pisar e cair.. era lindo mesmo e perguntei para minha tia porque ela fazia esses vestidos lindos e não usava e ela me respondeu “Para alguma coisa me serviu o curso de moda que fiz..”

Aquilo me deu uma luz, se a até a tia fez cursos, por que eu não podia fazer?? Me fez lembrar o curso que vi pela net, iria ocorrer em Port Angeles, mês que vem e era de informática, pensei seriamente em me escrever, era um treino para o ano que vem, já que ia estudar com humanos..

Voltei dos meus pensamentos quando meu pai e minha mãe me chamaram, eu sai do quarto com o vestido e a tia mal pode dizer “primeiro o tire” e eu já tava no meio das escadas, quando vi mamãe, meu pai e Jacob, me olhavam como se eu fosse algo novo, minha mãe falou “filha você ta linda!!” eu disse “para mãe eu to só com um vestido, descalça e com um nó no cabelo, até parece que to linda!!”

Meu pai parece que não ouviu meu comentário e disse “Realmente!! Alice se supera a cada dia, meu amor (pegou a mão da minha mãe e começou a dizer) me desculpe, mas esse vestido e Nessie estão mais lindos que você no nosso casamento (e riu como se tivesse pedindo perdão).” Mãe concordou e Jacob claro todo bobo disse “Dessa vez Edward tem razão, Nessie ta bem mais bonita que você, ainda bem..” mamãe deu um empurrão em Jake.. e começou a rir.


Eu não agüentava mais tanta falação por causa do vestido e disse “por que me chamaram??” e pai tossiu e disse “Jacob queria falar com você..” eu olhei meio irrita para Jacob coloquei a mão na cintura e deixei a cauda do vestido cair já que estava segurando..

Jacob riu e disse “você é igualzinha a sua mãe até nisso.. bom, vim aqui para dizer que vamos sair.. tenho uma pequena surpresa, venho buscá-la a noite, não gostei que ainda tenho que pedir permissão, tecnicamente você já é de maior, 18 anos, não é isso??.” Eu disse que “sim” e olhou para meus pais surpresa, nossa eles permitiram sem brigar, claro meu pai começou a falar “Jacob não inventa, não começa a por minhocas na cabeça da Nessie..”

Meu pai continuou “agora sou eu que tenho uma noticia a dá, filha!! eu e sua mãe vamos viajar, é rapidinho, precisamos comprar algumas coisinhas, pro chalé e sua avó também pediu para que comprasse algumas coisas pro casaram.. vamos viajar após o almoço..” eu disse “tudo bem”, com um certo sorriso malicioso no rosto.

E minha mãe, claro percebeu e disse “como seu quarto esta sendo ocupado pelo Arthur (todos haviam indo embora, apenas Arthur permaneceu e naquele momento estava conhecendo sua sogra, tia Leah o levara para passar o dia na reserva), você ira dormi no chalé e sua tia Alice ira junto” mamãe se virou para Jacob e disse “Tome cuidado com a minha menina, Jacob por favor, sou sua amiga, mas também sou mãe de Nessie, o veneno dela não faz estrago em você, mas lembre-se o meu faz..”

Jacob riu e meu pai também e Jake começou a falar “Que violência é essa Bella, ta treinando para o ano que vem, para lutar contra os Volturi” Ela não ligou e eu disse “posso subir.. esse vestido ta me agoniado”- todos concordaram e Jacob gritou na escada- “você ta linda!!”, eu queria ouvir o que eles iriam falar e ouvir primeiro meu pai falando..

“Jacob você não deveria vê-la de vestido, não é isso.. a tal da lenda..” minha mãe respondeu “Vocês não sabem de nada e ainda falam bobagem” Jacob respondeu “Mais vamos combinar ela ta linda mesmo, fico imaginando no dia da festa, vai ficar mais linda ainda...”

Meu pai respondeu “espero que sua maravilhosa surpresa dei certo, pois é você que vai conduzi-la..” minha mãe falou “Tanto faz se de certo ou não, Jacob me prometa que não vai fazer nada que eu não queira, é isso que me preocupa, o fato de termos concordado com isso, não significa que você pode abusar..”

Parece que Jacob disse que “sim”, fui interrompida pela porta do quarto da minha tia Alice, sabia que era ela, pois tio Emmett e tia Rose foram caçar, meus avôs estavam no escritório trancados, e só estávamos nos duas no segundo andar..ela começou a falar “È errado fica ouvindo atrás da porta, faz mal, sempre entendemos errado..” e eu disse “eu não tava na porta, tava na escada..”

A tia respondeu “engraçadinha!! Borá entre no quarto antes que você machuque minha obra prima..” eu entrei mais meus pensamentos começaram a voar .. o que foi aquilo que eles disseram, Jacob não podia me ver com esse vestido, por que?? Ai meu Deus..eu iria.. não .. não podia ser, não agora, e meu pais aceitaram?? Como isso??, que festa ia acontecer que Jacob ia me conduzir?? Será.. que eu..eu..(lutei para que a palavra não saísse mais saio) que eu vou me CASAR com Jacob..

Meu coração começou a palpitar e a tia Alice falou “calma Nessie, eu só estou marcando o vestido com alfinetes não vou lhe ferir..”eu não liguei.. quando a tia terminou sai para meu quarto me tranquei, não podia ser isso, tão cedo.. claro eu já sabia que minha mãe havia se casado aos 18 anos, mas eu..

Eu não havia vivido tudo o que eu queria, e será que Jacob iria viver (viver no sentido de curte a vida, com passeios, festas, essas coisas) comigo?? Bom queria fugir daquilo tudo e liguei o notbook, a primeira coisa que vi, foi o curso de informática, não liguei se iriam deixar.. mas me inscrevi, queria pelo menos ter uma experiência com humanos.. antes de ...antes de.. CASAR ..como era difícil falar essa palavra..

Desci para almoçar como se fosse para a cruz, meu pai percebeu que eu não estava com fome, realmente não tava, eu parei de comer o frango, e subi as escadas indo para meu quarto e me deitei, não demorou muito minha mãe entrou e me disse “adeus”, pois já iriam viajar.

Bom minha tarde fui um tédio, meus pensamentos me deixavam loucas.. quando olhei o relógio já eram 17:00, percebi que ainda tinha um encontro, tomei banho, abri o guarda-roupa e vi o vestido novo que a tia me dera essa manhã.. era vermelho de comprimento até a coxa, prendia no pescoço, o decote era quadrado e valorizado meu busto, ele havia crescido um pouco, e havia um laço embaixo do busto que combinava com todo o resto..

Tentei fazer um penteado, mas meu cabelo não pegava os cachinhos, então fiz uma chapinha, e enrolei só as pontinhas, ficou legal.. Calcei uma melicinha vermelha com saltinho e ficou ótimo, desci as escadas e percebi que meus tios Emmett e Rose ainda não haviam voltado e fiquei na sala sentada com o notbook.

As horas foram se passando, e eu ficava cada vez mais agoniada, andei pela sala toda uma milhões de vezes, foi ai que ouvi a porta bate e isso já era umas 21:00, estava irrita com Jacob por que ele me fizera me aprontar cedo e chegara a esse horário, quando abri a porta, fiquei com a boca aberta.. Jacob estava simplesmente e magnificamente lindo, perfeito e diferente..

Ele vestia camisa de mangas comprida de linho, mas estava virada até os braços e isso valorizava seus músculos, a calça também era de linho preto e combinava com a camisa preta com listas brancas bem fininhas, o sapato era uma bota de caminhada não combinava muito, mas quem ligava, segurei firme na porta quando ele me abraçou, parecia que ia desmaiar..

Naquele momento ele falou em meus ouvidos e tirou minha mão da porta “desculpe o atraso.. queria que tudo saísse perfeito” ele começou a me beijar, já havia até esquecido que tava com raiva dele, quando coloquei minha mão em sua nuca e subi até seu cabelo, percebi que ele havia cortado um pouco, ele parou de me beijar no instante que a tia Alice desceu as escadas..

Ela olhou para nós, Jacob segurava minha mão e eu mi virei um pouco para ficar de lado.. tia Alice falou “Jacob mais uma vez vou fazer essa por você, mas tome cuidado, ela é minha sobrinha, não faça nada precipitado..” eu não entendi, mas nem queria saber..

Ele concordou e disse tchau eu também, peguei minha bolsa de lado onde estava meu diário não sabia onde deixá-lo meu querido, por isso o levei comigo. Quando saímos, na escada ele disse “olha isso tudo é uma surpresa então vou colocar esse lencinho em você para tampar seus olhos, mas é rápido..” eu concordei.. estava concordando com tudo aquela noite..

Já estava com as vendas nos olhos senti Jacob me carregar, ele andou por alguns minutos, e depois me colocou no chão e tirou as vendas dos meus olhos me abraçou e disse “a surpresa esta só começando” quando abri os olhos vi que estava na frente do chalé, e perguntei “o que?? Você me trouxe no chalé??” quando vi!! Jacob abriu a porta, não entendi porque ele tinha a chave?? , bom quando entramos ele disse..

“não quero vendar seus olhos de novo, mas peço que você os feixe, por favor..” eu não podia resisti a isso e disse “sim” e os feixe, ele me conduziu e quando chegamos nas escadas ele me carregou e rapidamente senti que ele abria uma porta, claro que era a porta do meu quarto, quando ele me desceu senti algo quente, um ar quente na verdade, e ele disse “pode abrir os olhos, espero que goste”.

Havia velas por todos os lados, a janela estava aberta e a lua ajudava a clarear meu quarto, Jacob perguntou “o que achou?” EU simplesmente respirei fundo e virei para ele e disse “adorei, tudo perfeito..” seria hoje então, que ele me pediria em casamento..e claro que iria aceitar..

Ele me conduziu até uma mesinha onde do lado havia, um carrinho de restaurante com variadas coisas, havia dois pratos, ele arredou a cadeira e eu sentei, ele tava elegante demais eu me senti um pouco feia de mais perto dele, ele, pois os pratos na nossa frente e sentou pegando minhas mãos e argumentando “você esta linda minha flor.. eu me sinto reduzido perto de você..(eu rir com aquilo.. por que eu que tava me achando reduzida).

Quando abri a tampa de cima do prato, vi que a comida era a mesma do casamento da Emily e Sam, aquele triste dia que eu e Jacob brigamos, mas eu adorei a comida era estrogonofe de peru, Jacob falou “percebi que você gostou dessa comida e pedi para que minha Irmã fizesse e ela topou..”

Comemos, rimos das novidades de Leah e Arthur, tava tudo muito calmo, normal.. foi ai que ele se levantou e ligou meu som.. a musica era a mesma que ouvi alguns meses atrás (a musica que ele tanto gostava -Breakdown do Daughtry) ele estendo a mão e eu a peguei, começamos a dançar, foi perfeito, lindo, nosso rostos colados, as respirações aceleradas foi ai que ele parou e falou ao meu ouvido “tenho uma coisa a lhe dar, e um pedido a fazer..” meu coração deu um salto e meus pensamentos também, ai ai ai é agora..ai meu coração..

Jacob ficou me olhando e colocou uma das mãos no meu coração e disse “Acho que seu coração já ta dizendo a resposta que tanto necessito saber..” Ai Deus... é agora.. eu não conseguia falar.. ele pegou minha mão e com a outra tirou uma caixinha vermelha do bolso.. que combinava com meu vestido, será que ele sabia que estaria de vermelho?? Tia Alice!!

Ele se ajoelhou e eu respirei forte.. Jacob colocou a caixinha na minha mão e a abriu, quando olhei o que tinha dentro, era uma pulseira linda.. tinha um lobinho marrom e um coração que brilhava muito.. linda.. eu comecei a passar o dedo nela e Jacob disse “Nessie.. o presente é uma mistura minha e do seu pai, sua mãe também teve uma grande parcela nisso.. já que foi ela que engravidou de você (eu sorrir com isso).”

E ele continuou “Queria lhe pedir, se for preciso suplico.. mas você quer ser minha namorada? Aprender a estar comigo, viver comigo..ser mais que amigos?.”

Eu fiquei meio chocada, e pensei que ele ia me pedir em casamento..não era isso que meus pais permitiram isso tudo..eu o olhei e ele já tava suando..e eu o levantei..

Olhei bem nos seus olhos me aproximei e naquele momento, não liguei para nada, nem para o tempo e o beijei.. beijei como se fosse nosso ultimo beijo, como se meu mundo iria acabar no outro dia, como se só ele fosse a razão de estar viva.. Jacob me abraçou e sua mão começou a deslizar sobre meu braço que estava em seu pescoço e depois se afastou com delicadeza passou uma das mãos em meu cabelo e disse “Adorei essa resposta.. então isso foi um sim..” ele colocou a pulseira em mim, me abraçou, e disse..

“Agora.. vamos caminhar mas alguns degraus da vida juntos, até o ultimo patamar..” com calma, mas muito desejo me beijou, e claro retribuir, nesse momento ele me carregou e me deitou na cama.. e se deitou ao meu lado passou as mãos no meu rosto e disse “te amo tanto.. que não conseguiria viver mais sem você..”

Eu o beijei não deixando com que ele terminasse, e ficamos assim.. até o clima começar a esquentar (foi ai que percebi que as musicas eram uma mistura das minhas com as dele, nessa hora a musica Tonight do Alex Band que eu amava, começou a tocar) percebi que ele me empurrou para mas perto dele, sua mão direita descia pelo meu corpo e se instalou em minha coxa, era estranho como eu queria que ele nunca a tirasse dali..

Os carinhos aumentavam conforme a música, minhas mãos já estavam prontas para começar a tirar os botões um por um de sua camisa, quando suspirávamos eu tirei o ultimo botão da camisa e Jacob jogou a camisa no chão, eu passei a mão pelo seu peito e o fiquei olhando, como ele combina comigo em varias coisa, a cor, sua pele, seu corpo.. ele suspirou quando comecei a beijar sua barriga, seu peito e morder seu pescoço..

Jacob me segurou me levantou e olhou nos meus olhos e disse “fiz muitas promessas hoje e tenho que cumpri-las, coopere comigo...” eu não tava a fim de cooperar com ninguém naquele momento e comecei a beijá-lo, seu pescoço, seu queixo e fui até sua orelha e disse “Não to afim de cooperar hoje..” Jacob respirou e disse “Nessie não começa..” eu rir e disse “quem fala isso sou eu.. mas hoje, eu quero começar outra coisa..”

Comecei a beijá-lo e passar o dedo em seu peito, por um momento pensei que tinha convencido ele, quando senti sua mão subindo minha coxa e levantando um pouquinho de meu vestido, dessa vez quem arfou fui eu.. estava tudo muito bom.. a entrega tava intensa... mas infelizmente, parecia que Jacob queria cumprir sua promessas..

Ele parou de me beijar, tirou a mão da minha coxa e deteve meu dedo em seu peito e disse “Meu amor.. temos muito tempo para tomar alguma atitude, me ajuda.. promessa é promessa..”eu não falei nada e coloquei minha cabeça em seu peito..

Jacob passou as mãos no meu cabelo, e pediu “desculpas”, já que era para ajudá-lo, então fui as minhas perguntas.. eu subi um pouco e coloquei minha cabeça perto de seu pescoço e comecei a falar “Vou ser boazinha, mas quero resposta..” ele suspirou e disse “o que você quer saber??”

Ele se deitou e eu coloquei minha cabeça de novo no seu peito, e meu braço direito passei por cima de sua barriga, mas comecei a fazer desenhos nela.. e ele colocou sua mão na minha costa e me aproximou mais de seu corpo e comecei a falar antes que começasse a fazer coisas erradas “Que festa é essa, em que você ira me conduzir?”..

Jacob parou de passar a mão no meu cabelo, sua respiração deu um salto, como se tivesse sido pego de surpresa e eu levantei a cabeça para olhá-lo e queria minha resposta.. se não.. foi ai que Jacob falou “você anda ouvindo atrás da porta é??” eu falei “se você não responder, não vou ser boazinha, e não to nem um pouco afim de ser..”

Ele riu e falou “Não conhecia seu lado.. malvado, mal começamos a namorar e já comecei a me assustar com você, irei responder.. mas isso é uma surpresa e é boa.. não posso contar.. mas você vai adorar.. acredite!!” eu não tive minha resposta e continuei “ por que meu pai e minha mãe viajaram, e tenho absoluta certeza que meus tios Emmett e Rose foram com eles?”

Jacob me olhou e disse “Você é boa observadora em?? bom a viaje tem haver com a surpresa, só posso dizer isso..” e continuei “a caixinha vermelha que você me deu, teve algo haver com meu vestido, e claro com a tia Alice?” ele sacudiu a cabeça e disse “sim”e tinha mais uma.. “o vestido que você viu hoje eu usando, tem haver com a tal surpresa que é essa festa?”..

Jacob me puxou e começou a me beijar, ferozmente, que eu perdi até as perguntas, mas ele parou e meu coração e eu não gostamos muito disso e ele disse “você já quer saber de mais..” e voltou a me beijar.. claro que sempre que o clima aumentava, Jacob parava..

E assim ficou a noite toda, acabamos dormindo, e não sei como, mais ninguém não foi ver se nos tínhamos morrido, mas foi tão bom.. pela manha senti um cheiro maravilhoso e quando abri meu olhos não vi Jacob.. me levantei e ainda tava com meu vestido.. acho que quem seja meu cozinheiro.. podia esperar..

Peguei minha bermuda e uma camiseta, fui para o banheiro molhei meu cabelo.. tomei um banho maravilhoso..e ainda estava naqueles dias.. e começou as dores insuportáveis, minha mãe falava que nunca teve problema, com isso, mas minhas cólicas sempre começavam do segundo dia em diante..

Quando desci as escadas..peguei um susto.. e falei “Jake?!? Você cozinha??” Jacob começou a rir e disse “minha Irmã falou que não ia cozinhar para mim toda vez que eu resolvesse comer.. e então comecei eu mesmo a fazer..(ele parou e ficou me olhando e disse) quando você vai deixar de me chamar de Jacob ou Jake?? Iria adorar que você me chamasse de outra coisa..”

Eu andei até ele o abracei e percebi que ele também tinha tomado banho e estava com outra roupa.. “Meu lobinho.. te amo” e o beijei, ele me beijou e riu “Lobinho !! é diferente.. mas adorei saber que você me ama..” e eu falei “te amo te amo te amo... você quer que eu fala isso quantas vezes..”

E ele respondeu “eu quero que você fale isso para que todos ouçam..” não sei o porque mais esse comentário me fez lembrar Seth e ele percebeu .. e disse “não vou falar nada para ele, vou deixar que você fale, por isso tive a ousadia de usar seu banheiro, não entrei em contato com ninguém ainda..”

Eu abaixei a cabeça e sem querer uma lágrima saiu, lágrima idiota.. e eu disse “Muito obrigado meu amor.. acho que realmente tenho que falar com Seth, ele é meu melhor amigo e precisa saber..” ele pegou meu rosto e disse “você me chamou de AMOR.. pela primeira vez, desde ontem..”

Ele realmente não queria que eu ficasse triste e eu o beijei.. e entre os beijo disse “você sempre será meu único e verdadeiro amor..” e ele disse “também te amo.. e não quero que você morra de fome.. seu estômago não esta gostando de ser esquecido..” eu rir porque realmente meu estômago tava fazendo um barulho estranho..

A comida tava excelente.. como todo o resto, ajudei meu amor a arrumar as coisa (nossa eu já to chamando Jacob de “amor”.. as vezes sai sem querer) meu quarto.. e foi nesse horário que cheguei aqui no casaram.. ainda bem que meus pais ainda não haviam chegado..

Eu e Jacob ficamos abraçados no sofá até as 10:00 e agora aqui estou.. estou ouvindo falatório na sala.. e preciso saber o que é.. amanhã .. Voltarei se houver alguma novidade...

CONTINUA...

Comentários

  1. own ki lindo!! eu aceito casar com o jake hein!!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa lindo, lindo amei está fic está a cada dia melhor. E Maraysa o Jake já é meu.Procure outro.......rsrsrrs

    ResponderExcluir
  3. Com tanto lobo, tem que ser justo o meu, Afe!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Fale o que achou!!

Postagens mais visitadas