LIVRO VERÃO- PARTE 16



Domingo, 30 de Agosto de 2013

Deixei um pouco que o tempo tentasse, me explicar, como em pouco tempo ganhei tantas coisas, mais perdi uma que é e sempre será a minha felicidade, meu amigo Seth..

Desde que ele fugiu, não parei um dia de ligar para tia Leah e saber se ele esta bem, Jacob sempre me fala que os lobos estão conectados mesmo estando longe, e se ele percebesse que Seth estiver em perigo, ele iria correndo o ajudar.

Jacob!!, meu amor, passei essas semanas falando apenas o nome de uma pessoa e mal dei atenção a meu eterno amor, mas isso é prova que ele me ama, que esta fazendo tudo para me alegrar..

Amanhã, segunda feira, será meu primeiro dia de curso, não sei o que esperar, mas sei que Jacob estará comigo, ele falou que amanhã ele seria só meu, que faltaria da faculdade para estar comigo, claro que eu recusei, mas prometi que se algo de ruim ocorresse, eu ligaria primeiro para ele.

Meu avô Charlie resolveu aparecer, depois que minha mãe ligou confirmando que já estava tudo em paz, e na varanda, sentada ao seu lado, abracei meu avô e falei “Vovô sei que você é policial, e não entendo como vocês não fizeram nada para achar Seth..”
Meu avô me olhou,pegou meu rosto e disse..

“Minha netinha, essa não é a primeira vez que um menino da reserva resolve fugir, e da primeira vez eu me movimentei, fiz o que pude e ninguém me ajudou, depois me explicarão o motivo, e acho que Seth também esta fazendo isso pelo mesmo motivo que o menino da primeira vez...(meu avô parou me olhou e falou algo que eu sabia que era verdade) AMOR.”

Eu fiquei olhando e sabia de quem meu avô estava falando, Jacob... foi isso que Seth disse na carta, ele se inspirou em Jacob, para fugir, e eu perguntei “Então o primeiro menino a fugir da reserva, foi Jacob, não foi? Seth falou isso na carta, disse que estava se inspirando em Jacob, para fazer o que fez..(eu parei e comecei a ligar, as pontas soltas dos fios descascados que doíam dentro de mim) Jacob também fugiu por amor, mas que ele amou tanto essa pessoa, ao ponto de sumir também??”

Meu avô ficou com uma cara como se tivesse dizendo “socorro, me tirem daqui antes que eu diga tudo”.. acho que minha mãe percebeu o grito de socorro mental do meu avô e o tirou de mim, com a desculpa de ciúmes..

Mas eu iria descobrir tudinho..

Depois da visita do vovô, as semanas foram se desenrolando normal, mas eu sempre perguntava algo a alguém sobre o passado e tenho quase a certeza que já sei as resposta de tudo, mas eu que não quero compreender, tenho medo de sair magoada dessa história..

Primeiro comecei com Jacob, ele sempre vinha a parti das 17:00 e ficava comigo até umas 00:00 e claro, como me mudei pro chalé, ele sempre iria me fazer companhia sem meus pais saberem, se meus pais sabiam, não sei!! Mas não falavam nada, e uma dessas noites estávamos abraçados e eu estava sem sono e comecei o interrogatório..

“Jacob posso lhe fazer algumas perguntas?” eu me levantei e fiquei olhando nos seus olhos, Jacob sempre se entregava, seus olhos respondiam minhas perguntas antes que ele falasse, ele suspirou e me deu um selinho “a primeira já foi, a resposta é sim..”

Perfeito parecia que ele iria cooperar e comecei a perguntar “Você foi o primeiro menino a fugir da reserva por amor, mas quem você amou? E se esse amor era maior que o nosso? Você ainda sente algo por essa tal pessoa? Ela mora aqui ainda? Ela me conhece?”.. comecei a jogar as perguntas que estavam entaladas na minha garganta sem respirar..

Ele me olhou e disse “Muitas perguntas, mas a resposta é que conta.. essa pessoa não me interessa mais, pois meu verdadeiro e único amor é você..” ele me beijou e senti que era verdade,mas queria mais, queria saber quem era..

Comecei a falar quase chorando “Mas Jacob, como posso ter certeza.. sei que você me ama, mas e essa pessoa, ela pode esta gostando de você ainda, e como posso lutar com alguém que não conheço..” ele colocou o dedo nos meus lábios e começou passá-los bem devagar e falando “Confia em mim, posso garantir a você que essa pessoa, não me ama mais, e ela esta bem ..muito bem acompanha nesse momento e deve ta aproveitando a vida enquanto você esta se estressando com coisas sem valor..”

Ele me abraçou e começou a me beijar forte que me esqueci das perguntas, mas eu sou uma Cullen, nada pode me deter e o empurrei com cuidado, para não magoá-lo e disse “Eu não estou me estressando, mas vou começar, se você não me responder as perguntas.. poxa Jacob, é muito ruim não saber o que aconteceu com vocês no passado, minha mãe, meu pai, você, minha família, é ruim não saber.. e isso faz parte da minha vida também.”

Acho que Jacob não queria realmente responder, acho que vi medo em seus olhos, ou será que foi agonia eu era boa em ler os olhos das pessoas, mas dessa vez, Jacob estava diferente.. ele me abraçou e falou nos meus ouvidos “Me perdoe, mas ainda não é o tempo certo para você saber de tudo, o passado é confuso e tenso, meio triste e sei que você já esta triste, não quero e não vou complicar as coisas para você meu amor.”

Eu o entendi, mas fiquei um pouco irritada, não seria melhor sofrer tudo de uma vez e depois acabar com tudo, ele começou a me beijar e eu fiz de brincadeira algo que ele riu, mas me fingi de seria para dar efeito..quando ele começou a intensificar o beijo eu parei e disse “então vamos fazer um trato, só volto a beijar você, quando você me falar algo que tenha sentindo e que explique minhas duvidas (sei que iria me arrepender disso, mas tinha que força)”..

Claro que não deu certo e ele ficou falando e beijando meu ouvido “Se você conseguir ficar sem meus beijos, por mim tudo bem, entro nesse acordo..” mas ele foi malvado, e começou a beijar meu pescoço, meu queixo, ao redor da minha boca, e percebi que eu mesma não conseguiria cumprir esse trato..

Eu desistir na primeira tentativa, eu passei as mãos no seu cabelo e virei seu rosto e falei no seu ouvido “Você é mal!!, muito mal” e ele começou a me beijar, a noite terminou tensa, já que ele falara a noite anterior quando Seth fugiu, e eu estava disposta a me entregar a ele, mas ele falou “não posso fazer isso.. vamos fazer no momento certo, o momento por amor e não para solucionar problemas..” e até então ele manteve isso..

Quando esquenta ele mesmo parava e percebi que não iríamos passar disso.. bom outra pessoa que eu tentei tirar algo do passado foi Tia Alice, mas também não ajudou muito.. comecei com essas perguntas..

“Tia Alice, eu posso virar sua modelo, não me importo, mas queria que você me ajudasse a descobrir umas duvidas que tenho” a Tia suspirou e ajeitando o tal vestido, para a tal festa que eu não sabia o que era e ninguém da casa tava disposto a me falar e começou a argumentar “Depende que duvida, as que tiver em meu alcance posso responder..”

Ótimo! então comecei “Tia quem era o amigo da mãe que ela era afim? E por que meu pai resolveu ficar longe dela? Minha mãe conseguiu deixar de amar o tal amigo?” a Tia ficou com a agulha na mão, parecendo que tava tendo uma visão e meu pai abriu a porta com tudo e meus pensamentos gritaram (pronto!! Mais uma vez não vou saber de nada.. o que foi agora??).

Ele disse “Alice!! Você ta bem?? Agora você entende o porquê, é por isso que ainda não fizemos nada, depois da..(meu pai iria falar da festa que eu sei..) depois do acontecido, acho que podemos tomar algumas atitudes..” Tia Alice concordou e meu pai disse “adeus” a nos duas e saiu, a Tia voltou a mexer no vestido ai eu interrompi, os olhares do meu pai e perguntei “Tia eu ainda to esperando resposta, não sei o que a senhora viu, mas ainda to aqui..”

Minha Tia riu e disse “tudo bem que eu já tenho uns anos na costa, mas não precisa me chamar de “senhora”, me senti uma gaga agora.. mas eu não sei.. pergunte a Bella, não sou fofoqueira..”e eu respondi “Mas é a melhor amiga da minha mãe.. vai Tia, me diz, sei que a senhora sabe..” e ela falou “repetindo.. não sou fofoqueira..”

Sabia que da li não iria sair nada.. e de lugar nem um vinha as minhas respostas .. Desisti.. mais por enquanto..

Desde então minha vida ficou assim.. acho que é hora de eu me deitar, amanhã acordo cedo, e claro.. daqui a alguns minutos Jacob vai aparecer no meu quarto.. é melhor eu ir me deitar..

Meu querido diário.. vamos esperar juntos por alguma notícia de Seth e alguma resposta a minhas duvidas sobre o passado!!..

ATE O PRÓXIMO ARTIGO DA NESSIE...

Comentários

  1. Nossa á fic está a cada dia melhor, com o enredo recheadissimo de ação,drama,romance e ainda por cima um leve toque de suspense, adorooooooooo.Parabéns Dany.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Fale o que achou!!

Postagens mais visitadas