terça-feira, 4 de setembro de 2012

Fic. Diário de Nessie- Livro Verão- Ultimas partes..


Como a fic está ..terminando e dei um intervalo nela .. andei pensando e resolvi termina-la .. espero que gostem dos últimos capítulos .. fiz com muito amor e carinho..

Domingo, 21 de Novembro de 2013



Meu querido diário não sei nem por onde começar, apenas sei que eu amo minha familia e eles também me amam, ontem dia 20 de novembro foi a demonstração de amor mais linda que já me deram e que irei relatar agora... foi uma surpresa que realmente adorei...

Tudo começou na sexta à noite, pela primeira vez meu pai pediu para que Jacob saísse comigo... não entendi, mas Jacob me levou para o chalé e ficamos namorando até eu dormir de tanto cansaço, pela manha levei um batia susto, quando abri meus olhos havia um salão no meu quarto, cheio de coisas de cabeleireiro e o saco do vestido, que a tia fez para a tal festa surpresa, estavam na porta do quarto e depois de reparar tudo isso, percebi que Jacob não estava ali.

Quando desci as escadas o vi preparando nosso café e então perguntei “O que é aquilo tudo no meu quarto..??” Jacob riu e falou “Não era você que não agüentava mais as surpresas, então chegou o dia de saber o que é... espero que goste” eu quiquei na cozinha e corri para ligar para Seth, mas lembrei... ele ainda não havia voltado...

Jacob percebeu minha tristeza momentânea e disse “Você ia ligar para Seth, né? - ele andou até mim e pegou o telefone, colocou no aparelho e me abraçou, então disse com muita certeza- “calma meu amor, isso vai acabar, eu prometo para você... Agora vamos tomar café, sua tia esta quase voltando.”

Tomamos café e então a tia chegou e Jacob falou “Preciso resolver um problema... Nessie só vamos nos ver de noite... e espero que goste muito de tudo, tudo mesmo..” eu corri e o beijei depois minha tia me levou para o quarto, mandando que tirasse a roupa que ela iria fazer uma massagem em mim...  comecei a rir e disse “Para com isso tia, que negocio é esse já..”eu mal terminei e ela falou “Não estou brincando, hoje tem que sair perfeito, tudo perfeito.. por favor ajude.”
 Depois dessa bronca eu fiz tudo que a tia mandou, antes do almoço eu já estava cheia de tanta coisa no meu rosto, nessa hora minha mãe chegou com minha tia Rose e eu perguntei se era necessário tudo isso, e elas foram unanimes a afirmar que “sim”...
 Eu almocei e tudo começou de novo, minha mãe ajeitava o vestido, minha tia Rose meu cabelo e tia Alice a maquiagem, acho que eu dormi e muito, por que minha tia me acordou e disse “Nessie esta na hora de colocar o vestido, vamos!!” quando abri os olhos só restava a tia Alice ali, então me levantei e coloquei o vestido, o espelho enorme me parou, quando olhei e disse “Quem é essa mulher ai..??” a tia parou de ajeitar o vestido e ficou me olhando e disse “é você minha princesa..”
 Nessa hora ela se abaixou e tirou os sapatos de uma caixa vermelha e disse “Isso foi presente de sua avó, esse broche sua amiga Kachyra me deu para lhe dar, esse anel é da Larissa ela disse que foi da mãe dela, e esse colar é da Brunna a Wendy me ajudou na decoração e o Wendell ajudou o Edward com os convidados... acho que todos que te rodeiam ajudaram...” eu fiquei tão feliz que uma lágrima saiu...
 A tia falou na hora “HÁ!! por favor não borra a maquiagem que eu fiz com tanto amor... espere para a festa.. Jacob vira pegar você,então fique aqui e por favor espere ele, eu estou indo para o casarão me arrumar, por favor não apronte nada com a minha obra prima.”
 Eu ri e ela saiu pela escada, então eu desci devagar para não cair, quando cheguei lá em baixo fiquei olhando para o telefone pensando como queria que Seth estivesse ali, ele iria adorar tudo isso e ainda iria me zoar por estar vestida assim, fui até o espelho da cozinha e fiquei me olhando...
 Eu estava de vestido branco com detalhes em preto, meu cabelo estava com uma longa trança e havia um prendedor do lado esquerdo e um colar de perolas, tudo vindo das pessoas que eu amo, o sapato me deixava mais alta, ele era preto e trançava no calcanhar, havia pedras brilhosas que eu jurava que eram de verdade, pedras reais... no momento em que estava me admirando ouvi a campainha da porta..
 Sai correndo para abrir e foi quando o vi... lindo como sempre, seu cabelo mais comprido até os ombros, vestindo terno e gravata,as lágrimas saíram e nem liguei para a “obra prima da Tia Alice” e arfei na verdade entre o choro “Seth!!” antes que eu desmaiasse ele andou rápido e me abraçou e apertou então simplesmente disse “Voltei meu anjo.. voltei para sempre.. para toda a vida..”
 Eu o abracei tão forte e disse “Não me mate de novo, por favor se você fizer isso.. chorei de novo.. eu  juro que eu morro..” ele falou “Jacob não ira permitir isso, ele ama muito você, ama tanto que ainda brigou comigo e foi me buscar a força... agradeça a ele depois.” Eu sabia que ele ia fazer algo, ele tava muito tranqüilo.
 Seth tirou as lágrimas dos meus olhos e disse “Vamos meu anjo, há pessoas lhe esperando...” eu disse “E Jacob?” ele me olhou e disse “ele está no casarão te esperando.. meu anjo”pronto acabamos a conversa e ele me segurou e disse “Não vou deixar minha princesa andar, né...”
Quando chegamos à varanda da casa, estava tudo muito silencioso e escuro, não conseguia ver nada, só os cheiros que eram diversos, quando vi, Seth abriu a porta do casarão e nessa hora as luzes se acenderam e todos... todos mesmo, gritaram “Surpresa..” Eu não acreditei, tudo estava lindo, as rosas lilás e brancas, bem no meio da sala haviam feito uma danceteria, onde ficava o piano, instalaram o DJ e tudo estava lindo..
 Nessa hora Seth me levou até o meio do tablado de dança e uma musica suave começou a tocar, era uma valsa, ele me seguiu e fiquei assustada como meu amigo estava lindo, lindo era pouco... nessa hora eu disse no seu ouvido “Você esta lindo Seth, gostei da sua produção é diferente com o cabelo comprido...” foi ai que encontrei Jacob ao lado do meu pai e da minha mãe então falei de longe  “TE AMO, OBRIGADO!” ele riu e mandou um beijo.
 Quando terminarmos cada pessoa veio me abraçar e dar feliz aniversário, meus amigos Wendell, Wendy, kachyra, Larissa e Brunna foram os primeiros e falaram “Você esta linda, perfeita.. uma princesa mesmo..” Kachy fez sua piadinha “Acho que acabei de conhecer mais um cavaleiro da tabula redonda e apontou para Seth...” eu ri e a Larissa falou ao meu ouvido “Por que você não me disse que seu melhor amigo, era um príncipe encantado.”
 Depois das palhaçadas, das brincadeiras e dos parabéns eu conseguir despistar o povo e ir agradecer a minha família, antes disso apresentei Seth a Larissa e não sei se é paranóia minha, mais uma vez senti um clima muito forte entre eles, Seth largou minha mão e pegou a mão da Larissa como se fosse algo precioso e percebi que estava sobrando ali... deixei os dois e sai de fininho..
 Quando cheguei perto de Jacob o abracei e disse “Muito obrigado por trazê-lo de volta- me virei, Jacob me abraçou pelas costas e eu disse- parece que mais um foi enfeitiçado, não acha?” ele me virou e passou o dedo nos meus olhos, no meu rosto, até chegar a minha boca e meu coração acelerar como nunca, ai ele disse “Seth vai ter a segunda chance, com alguém que também o ame...” e depois disso me beijou.
 Então minha mãe me tirou dos braços de Jacob e disse “Ei!!.. menos vocês estão em uma festa..” eu virei e dei um abraço nela e disse “Mãe te amo, muito obrigado por tudo..” meu pai veio por traz e falou “Minha princesa já é uma mulher, da para acreditar??” eu virei e o abracei e disse “te amo.. papai.. obrigado..” quando as lagrimas já estavam quase caindo tio Emmett me puxou de costa e giramos no ar..
Ele me deu parabéns e o restante da festa foi ótimo, vi todos os lobos Quileutes, vi Embry beijar Brunna pela primeira vez e Seth acariciar Larissa como me acariciava, não me deu ciúmes, mas fiquei feliz que finalmente meu amigo não iria sofrer mais, meu vovô Charlie estava com a Sue, mãe da tia Leah, meu avô me deu um abraço e disse que eu estava linda...
Tia Leah estava muito feliz com o Arthur, mamãe estava dançando com meu pai, meu Tio Jasper estava girando com a tia Alice, tia Rose e tio Emmett estavam se acariciando... o amor estava em todo o lugar e tudo era lindo, tudo era perfeito então andei um pouco para ficar olhando tudo aquilo de longe, era tão bom ver todos ali, até os amigos do meu avô Carlisle estavam ali felizes, meus amigos rindo juntos..
Nessa hora Jacob me abraçou por traz e disse “Como o amor é algo contagiante, não acha?” eu me virei e o beijei depois ficamos dançando juntinhos... quase no finalzinho minha mãe mais uma vez me afastou de Jacob e a desculpa era a ultima valsa...
Quando meu pai dançou comigo ele falou no meu ouvido “Você a parti de hoje é uma mulher, prometo que a decisão que tomar irei aceitar.. mas pense antes de tomá-las..” e nessa hora ele se afastou e disse “ e outra.. acho que não sou mais o único homem da sua vida.. e passarei você para o outro, acho que isso ira se repetir em breve.” Ele me levou até Jacob e disse “Tome conta da minha princesa.. meu amigo, meu filho!”
 Naquele momento Jacob me pegou como uma pluma, uma de suas mãos acariciaram minha coluna e a outra pegou minha mão que estava solta... a valsa foi algo diferente, como se realmente quiséssemos voar.. mas a musica chegou ao seu final e Jacob me jogou um pouco no chão e me beijou.. todos gritaram e alguns casais se beijaram também e depois disso a festa continuou.
 Todos foram para seus cantos, comer, dançar, rir se diverti, nesse momento tia Alice me tirou dos braços de Jacob e eu não aguentei e falei “Mas será possível que eu não tenho um tempinho meu!!” e tia Alice falou “Eu só estou levando você para trocar de vestido, acho que você já deve esta farta dele, não é mesmo??”
Ela tinha razão e eu subi para seu quarto, em cima da cama havia um vestido vermelho, algo realmente de mulher, diferente dos vestidos que a tia fazia para mim, ele era meio colado no corpo e fazia com que eu tivesse certeza da existência do meu corpo e de como ele era farto, a tia me deu outro sapado um pouco mais alto do que eu estava que fazia vários X até a batata da perna.
Quando desci as escadas Jacob me esperava lá em baixo, e todos ficaram me olhando como se eu tivesse crescido ainda mais, como se eu não fosse a Nessie de minutos atrás e sim outra mulher... quando cheguei no ultimo degrau Jacob disse “você realmente é a minha namorada?” eu comecei a rir e ouvir meu pai falar para tia Alice “Alice você pegou pesado agora, você não acha que esse vestido esta muito forte?.”
 Tia Alice falou para todos “Já são mais de 00:00 tecnicamente, sua filha meu caro irmão Ed., não é mais criança a muito tempo e não comece com a sua caretice.”todos riram e bom ... todos foram para seus lugares... foi ai que eu e Jacob saímos de fininho e fomos para o quarto...
 Quando chegamos Jacob ficou abraçado comigo e ficamos olhando a lua na janela, fomos unânimes em falar que esse dia foi tão especial que nem choveu , acho que esse é um dos 5 dias do ano que não choveu em Forks (risos).. mas quando fiquei pensando na lua Jacob começou a beijar meu pescoço e a morder minha orelha, então completamente me esqueci de todos os meus pensamentos.
 Eu me virei e comecei a beijá-lo e esse era um beijo diferente, já havíamos nos entregado a um beijo, mas esse era mais completo. Suas mãos passeavam pela minha nuca, pela minha coluna e foi ai que ele me apertou mais ainda, como se fosse nos tornar um mais uma vez.
 O vestido tinha um feixicler nas costa e percebi que Jacob estava abrindo, no momento eu não liguei eu realmente queria isso, queria ser dele, queria saber como é se entregar completamente, já havia ouvido minhas amigas falarem, mas era diferente de fazer.
 Quando percebi que o vestido já estava todo aberto e minhas costas nuas ansiavam pela mão quente de Jacob, eu suspirava muito forte porque nunca senti um toque como esse, ele começou a descer com seus beijos a percorrer a trilha que ele fizera do meu decote até meu queixo, na terceira vez que ele estava fazendo isso meu coração deu dois pinotes e achei que iria desmaiar e ele disse.
 “eu mal comecei e você já esta enfartando, então vou parar.” Eu mal falei nada, minha expressão respondeu por mim, Jacob me puxou para mais perto e começou a descer e beijar meu ombro esquerdo e ao mesmo tempo começou a retirar a alça do sutiã.
 Minha respiração e meu coração estavam em um frenesi empolgante, então Jacob me carregou e deitou na cama, ele ficou olhando meus olhos e eu olhando os seus, foi ai que dentro de mim começou uma batalha entre a razão e o amor, a razão dizia(não é hora para isso, você esta em uma festa, lembre-se de seus amigos e principalmente de seus pais, seu pai esta confiando nas suas direções, lembre-se!).
Já a emoção praticamente gritava como se fosse meus delírios (vá em frente, continue é isso que você quer é isso que seu corpo deseja, esqueça o que os outros pensem de vocês dois, pense em Jacob!).
 Mas Jacob percebeu a agonia que estava se passando dentro de mim e falou, passando os dedos sobre meu corpo “meu amor você não precisa fazer nada agora, confesso que nos empolgamos um pouco, mas isso pode esperar.” Eu o olhei e abaixei minha cabeça, como eu era fraca e disse “Desculpe! Sei que você espera por isso, mas meus amigos e minha família estão ai em baixo por mim, seria muito ruim se meu pai entrasse e nos pegasse assim, a confiança que ele tem em mim terminaria.”
 Jacob levantou meu rosto e disse “Meu amor, eu não vou fazer nada que você não queira, só continuei porque senti você querendo isso, mas parei na mesma hora que percebi o contrario, te amo e isso é só um complemento que pode ser efetuado em qualquer momento onde nos dois, vamos nos sentir bem...”
 Nessa hora ele me tirou da cama me ajudou a me arrumar, ele também se arrumou e disse “Preciso fazer uma coisa, não vou mentir pra você, o fato de eu estar próximo de você me deixa em um estado que..(eu percebi o que ele iria falar, na verdade eu vi, era lógico que nos dois estávamos excitados com isso e antes que nos dois ficássemos constrangidos.. eu o interrompi).
“eu já sei meu amor, não precisa me falar nada, a gente fala que Sam chamou você, eu invento algo, só espero que meu dom me ajude agora, por que não estou a fim de ver meu pai brigando com você hoje..” Jacob me beijou e disse “desculpe por isso, mas sei que não devemos mentir sobre isso, seria muita falsidade se falasse que não estaria sentindo nada agora.”
Depois da nossa celebre conversa Jake saiu pela janela e eu desci a escada sozinha, claro que minha mãe foi a primeira a notar e veio direto ao meu lado perguntar onde eu estava e onde estava Jacob e eu disse com calma, para a mentira da meio certo “Jacob teve que socorrer um chamado de Sam, a mãe de Emily esta grávida, acho que aconteceu algo, não sei.. e eu fui lá no quarto, acho que meus dias estão chegando e odeio sentir dores no meio da minha festa.”
Não sei se minha mãe engoliu a história, mas isso não importava, estava tão feliz de ver todos se divertindo, que imaginei que ninguém no mundo deveria estar mais feliz que eu nessa hora..
Meu querido diário, a festa terminou com um ar de amor e alegria, Jacob se ajuntou em mim depois de algumas horas, não sei como, mas parece que Sam realmente precisava de ajuda, Emily havia passado mal e ele precisava de um carro emprestado, mas não precisou, Jacob veio avisar meu avô Carlisle, que rapidamente foi ver o que Emily estava sentindo... Mas no final tudo ficou bem porque ela e o bebê estavam ótimos.
E a festa é claro... terminou perfeitamente, Embry e Brunna pelo jeito resolveram namorar, meu amigo Seth e minha amiga Larissa estavam se dando bem, risos e brincadeiras, sinal de romance no ar.. Wendell virou amiguíssimo do tio Emmett, e estavam no canto falando sobre vídeo game, Wendy e Kachyra estavam recebendo dicas de moda da tia Alice e parece que essas duas concordaram em ser modelo da tia Alice. 
E eu... consegui entender o quanto minha vida era cheia de amor e carinho.. mas mesmo do meio da festa, de longe sentada com meus amigos, pude ver Jacob, mamãe e meu pai juntos conversando, vi algo entre os três que os ligavam de uma maneira diferente, única, acho que era a AMIZADE.. mamãe sempre se referia a Jacob como um grande amigo e papai apenas confirmava...
Bom, não quero falar nisso agora... estou tão cansada...
Querido diário... lhe deixo aqui... e assim como antes.. Qualquer coisa você será o primeiro, a saber...



ATÉ O PRÓXIMO CAPITULO ..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale o que achou!!